Sarau da Belvedere


O CARRAPATO

Artur da távola

 

 

            Estou estarrecido. Na infância e juventude, vivíamos mordidos por carrapato. Depois, ao servir o Exército (CPOR), nas manobras em Gericinó, já com 19 anos, dormíamos no mato em cabanas e tome carrapato. Nunca ninguém morreu. Uns os arrancavam pois espetam os ferrões na pele. Erro. A única vez que o fiz, deixou me no alto da perna marca existente até hoje. Lá dentro, o ferrão inflama e como corpo estranho fica por lá, arroxeado.

            Minha sábia mãe árabe logo me ensinou: quando for para o mato ou campo, leve amônia. Se o carrapato morder, passe amônia com um algodão, passe, passe, passe suavemente, e ele vai tonteando, amolecendo e sai sem deixar o ferrão. (outro dia, estarrecido, li num jornal de alta circulação, que se tira o carrapato com uma pinça Isso é um absurdo...) Com a velha e estranha amônia (já viu coisa mais estranha que amônia?) assim sempre procedi – e o fiz com meus filhos quando pequenos em Itaipava. Até já me esquecera de em quantos carrapatos dei porre formidáveis de amônia. Em Sacra Família, em Javari, no CPOR ou na fazenda de Tia Ritinha (em Matias Barbosa MG), onde um dia, ainda em crianças, ambos, eu espantadíssimo, vi meu primo Jorge, para mostrar que gente da roça é mais valente que a da cidade, afundar (a gargalhar de meu pasmo) o pé numa bosta de vaca fresquinha molenga e cheirosa.

            Pois não bastassem Tsunamis, Furacões Vânias, CPIs, Valérios, Delúbios, Carvalhos, seca na Amazônia e Pantanal, Bush, aftosas, terremotos, a decepção profunda com setores dominantes do PT, assaltos a granel, Iraque, gripe aviária (dizem esses impiedosos - que o Lula não quer mais viajar de avião até que passem os riscos da febre aviária...),  agora o até carrapato começa a matar. Nunca ouvira falar disso, mas por ignorância: houve na década de trinta um cientista, o esquecido e heróico Dr. José Lemos Monteiro da Silva, que juntamente com seu auxiliar técnico na luta para obter uma vacina contra essa horrenda Febre Maculosa (até o nome é aterrador), morreu dias depois. Ao triturar alguns bichinhos destes, ele e o auxiliar levaram fatais bicadas. E à época não havia a tetraciclina. Descobri ainda, em minha andança carrapaticida que há vários tipos dessa espécie que atinge não apenas cavalos e bois, como pensava, mas cães, e galinhas. E já foi chamada ao longo do tempo de febre das Montanhas Rochosas, Febre Negra, Doença Azul, transmitida principalmente por um dos tipos de carrapato (não sabia haver vários), o estrela, que inocula a bactéria “Rickettsia rickettsii”. E  a doença do carrapato do boi, ainda leva  o doloroso nome de “tristeza bovina”.

Bem.... Há muito sobre carrapatos na internet. É bom pesquisar. Mas lembro que antigamente quando alguém gostava, deveras, de outrem, dizia-se: Eles não se desgrudam, parecem carrapato. Pois isso acabou.

 Agora é xô filho do capiroto”, Credo Cruz, Virgem Maria, Protegei-me Senhor, Mangalô três vezes, Vade Retro “Carrapatanás”...

 



Escrito por Belvedere às 13h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


de felicidades

odeteronchibaltazar

Porque minhas mãos estão assim
felizes,
meus dedos dançam,
e tamborilam teu nome.
Porque minha íris se vestiu de verde
e está assim
um brilho só,
espero pela festa
começada em sol.
Porque teus passos fazem música
nos meus ouvidos,
estou assim:
 passarinha, passarando...
Porque as tuas cores
dão-me o arco-íris,
estou assim:
aquarela translúcida,
com água e tintas,
deixando-me nua,
esperando a tua mão.
Porque vivo do teu abraço
espero assim:
encolhida concha,
pronta a soltar,
para sempre,
meus etéreos laços.



Escrito por Belvedere às 20h11
[ ] [ envie esta mensagem ]


Uma opinião de Marília Bechara.

BRUNO!
Você matou!
Os labirintos, recantos pessoais de cada ser, experiências que vivemos ao sonhar e logo ao despertar se desvanecem embora os queiramos subjugar e prender! São viagens marcantes e cada painel, não sei porque, levou-me aos "passos do calvário"; UMA PARADA, UMA MEDITAÇÃO, UMA ORAÇÃO e muita reverência! E o perfume de YASMIM? Pensei e acreditei imediatamente na existência dela, parei, meditei, orei, reverenciei! Estou emocionada por ter percorrido guiada por sua mão, os labirintos de uma existência emocionante, rodopiando em verdadeiro carrocel!
AMEI!
Portanto descobri que a leitura de seus textos não devem acontecer com pressa. É coisa para curtir devagar, vivendo cada palavra!
Farei assim e se você aceitar, vez ou outra, enviarei minhas leigas e despretenciosas impressões.
Veja você:
ACHEI ÓTIMO TOPAR COM VOCÊ!
Um abraço,
Marília Bechara.
 


Escrito por Belvedere às 23h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
15/10/2006 a 21/10/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis





O que é isto?