Sarau da Belvedere


 
 
 
 
Com satisfação informo que a revista digital PD-Literatura foi premiada hoje, 19 de janiero de 2006 pela UNESCO - United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization.(http://www.unesco.org/poetry/recherche.php?sub=prizes&langue=espanol&titre=premios )
 
Há três anos a publicação está listada na categoria Revistas junto com o filhote PD-Criança (http://www.unesco.org/poetry/recherche.php?sub=journals&langue=espanol&titre=revistas )
 
Esse mérito foi alcançado com a contribuição de nosos colaboradores, aos quais agradeço e com quem compartilho a satisfação de ver um trabalho sério reconhecido.
 
Asta Vonzodas
 
 

PD - Literatura, a sua revista literária.



Escrito por Belvedere às 23h32
[ ] [ envie esta mensagem ]


Sakura
(flor de cerejeira)
 
delicada flor
floresce na beleza
do teu silêncio
 
os pássaros sussurram
a tua fragrância
na cadência da aurora azul
 
e as borboletas
dançam a sinfonia
das tuas cores
exalando a poesia do amor
 
Ydeo Oga
da série “Japão”
 
 


Escrito por Belvedere às 09h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


ONDE
 
JJosé Abbade



Era um lugar distante...



Tudo permanecia:
O mesmo céu,
a mesma tarde
e nunca era tarde...


Não havia o Tempo



Carros-de-boi parados
caminhos sem sinal de pegadas
flores abertas de tule
ninguém as pegava...



Não havia gente


Sem pássaro, sem rebanho
Um lago transparente
de águas paradas
Casa vazia, janela fechada
silêncio escaldante...


Não havia nada.
18/01/2006
BEIJOS E SAUDADES!!!!!!!


"Poeta é o ente que lambe as palavras e depois se alucina" Manoel de Barros


Escrito por Belvedere às 09h12
[ ] [ envie esta mensagem ]


"Se eu fosse apenas sentimentos,
Quantos pedaços de mim
Sobreviveriam à dor?"

  Mauro Sampaio



Escrito por Belvedere às 15h48
[ ] [ envie esta mensagem ]


FUI TRAÍDO !

Romeu Prisco

Apunhalaram-me nas costas ! Aliás, já não há mais espaço nas minhas costas, que não contenha marca de punhal.

Com raras exceções, políticos que passaram pelo Executivo e pelo Legislativo, com ou sem o auxílio do meu voto, cravaram-me a faca. A partir de Getulio Vargas, as duas únicas exceções, ainda assim com restrições, ficaram por conta de Juscelino Kubitschek e Jânio Quadros.

Um dos grandes golpes que recebi, quase mortal, foi aplicado por Fernando Collor de Mello e a sua megera Ministra da Fazenda, Zélia Cardoso, com o bloqueio das cadernetas de poupança. Jamais os perdoarei disso, mormente considerando que votei em Collor. Depois FHC deu-me uma senhora canivetada, quando se mostrou surpreso com o "apagão", que provocou séria crise no setor energético.

Agora, toca-me ver e ouvir Lula dizer ao Pedro Bial que foi traído, sem dar nome aos bois. Ora, Sr. Presidente, por favor, poupe-nos ! Ou será que os traidores somos nós, o Zé Povinho ? Se for, exclua-me da lista: não votei e nem votarei em V. Excia. Não quero trair o meu país.




Escrito por Belvedere às 15h46
[ ] [ envie esta mensagem ]


Indifferentia
© Lenise Resende


Há quem pense
que a indiferença
não faz diferença.
Há quem pense
que seja uma ofensa.

Há quem prove
que ela provoca
mais ou menos presença.
Em mim, sua existência,
é motivo para ausência.

________________________

Edição de Lenise Resende para
Lendo & Relendo
http://www.lendoerelendo.com/




Escrito por Belvedere às 16h48
[ ] [ envie esta mensagem ]


um poeta na janela
(para osvaldo pastorelli)
 
passa o tempo
passam carros
pardais e andorinhas
passam o tempo
no meio fio
a Avenida passa
e o poeta observa
 
com o olhar passeia
na paisagem urbana
e colhe as nuances
do cotidiano
e escreve
o DIÁRIO POÉTICO
da Paulista
 
ydeo oga
13/1/2006 20:17



Escrito por Belvedere às 21h59
[ ] [ envie esta mensagem ]


Aquiles Rique Reis

A hora da oposição

O governador Geraldo Alckmin, ao declarar que se afastará do cargo para se dedicar à postulação da legenda tucana para disputar a presidência da República, demonstrou uma gana até então insuspeitada por seus correligionários que não pareciam crer que ele pudesse ser tão incisivo.

Assim, o prefeito José Serra vê perigar parte de sua aparente estratégia: ficar placidamente em seu gabinete, até ser incensado à disputa – o que lhe daria ares de salvador da pátria e o pouparia do desgaste de ter que quebrar a promessa de cumprir seu mandato até o fim. Segundo ainda a tal tática, Serra seria “obrigado” a se afastar da prefeitura, e ainda afirmaria que aceitava “constrangido” a missão, como um soldado que se “sacrifica” em nome de seu partido que, por sua vez, unido e agradecido a ele, iria à vitória. Meses atrás, aparentemente, assim era. Hoje, não mais.

São cada vez maiores as especulações quanto a possível desistência de Lula vir a disputar a reeleição. O presidente sabe que suas chances se reduziram e podem minguar ainda mais caso não consiga mesmo se coligar com o PMDB, o que aumentaria o risco de ele ser humilhado nas urnas. A lhe confortar e dar esperança, a confiança no resultado de suas ações assistencialista-eleitoreiras que costumam render votos, graças às carências de uma enorme parcela de eleitores a quem tais medidas beneficiam, ainda que paliativamente.

Mas o PMDB, como sempre, está dividido: uns sonham com Garotinho, para tentar alçar vôo e encantar o eleitorado que naturalmente estaria aberto a aventuras, já que a desilusão deverá impregnar as urnas; outros sonham com um candidato que devolva ao partido a importância histórica que já teve e vem perdendo graças à disposição de se entregar aos donos do poder em troca de benesses passageiras. Mas isso é problema de Lula e do PMDB.

Tanto Serra como Alckmin sabem da importância de se coligarem com o PFL, de preferência já no primeiro turno. Mas, como o PMDB, o PFL também parece viver atrás de quem lhe dê garantias de que uma fatia considerável do poder lhe será assegurada. Esse comportamento, entretanto, faz com que o partido se prive do que deveria ser o sonho principal de uma agremiação política: a conquista dos postos mais altos da República. Mesmo tendo César Maia, um nome forte, o PFL se contenta em usá-lo apenas para barganhas. O atual prefeito do Rio tem a seu favor, e nisso ele se iguala a Serra e a Alckmin, o fato de ser um administrador competente. Ele, diferentemente de José Serra, há tempos anunciou que poderia se afastar do cargo para concorrer à presidência, atitude que, não sem razão, aos olhos daqueles que o elegeram, causou reações negativas, mas serviu para tornar claras suas intenções, coisa que dificilmente se vê num político. (Tivesse tido atitude semelhante, Serra não estaria hoje emparedado pelo ímpeto de Alckmin. Mas isso é problema de José Serra.)

Há indícios de que no PFL existe quem considere maiores as chances de Alckmin, já que a possibilidade de crescimento deste, ao contrário do que se pode supor de Serra, seria considerável. Por isso, há negociações em curso para apoiá-lo. Mas foi a José Serra que os pefelistas explicitaram seu apoio, inclusive com César Maia declarando que desistiria da própria candidatura para favorecê-lo. Puro pragmatismo de quem lê os números das pesquisas que mostram que hoje Serra venceria Lula no primeiro turno e de quem, além disso, claro, herdaria, quase de mão beijada, a prefeitura de São Paulo, já que o vice-prefeito é o pefelista Gilberto Kassab. Assim, sem que fosse preciso fazer um só discurso, cairia em seu colo, por mais de dois anos, o quarto maior orçamento da União. Mas tudo indica que, avesso a riscos, o PFL prefere mesmo é (des) conversar com os dois tucanos e ver no que vai dar a pendenga entre eles. E o Planalto ficaria para outra hora. Mas isso é problema do PFL.

Mas, no final, será que tudo isso não é problema nosso, caro leitor?

Aquiles Rique Reis, vocalista do MPB4 e autor de O gogó de Aquiles, ed. A Girafa.



Escrito por Belvedere às 08h53
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
15/10/2006 a 21/10/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis





O que é isto?